Para uma loja online dar frutos é necessário otimizá-la diariamente, o que ajudará a gerar mais tráfego orgânico.

Otimizar uma loja online para os motores de pesquisa como o Google pode proporcionar mais tráfego e desta forma, gerar mais leads e mais clientes para o seu negócio. Por isso, o SEO deve estar entre as ações diárias que deve realizar. Neste artigo mostramos um guia de SEO para E-Commerce que deve ter sempre em mente.

Pesquisa de palavras chave

Quando se trata de SEO, uma palavra-chave é um termo sofisticado para uma “pesquisa”. Sempre que alguém pesquisa alguma coisa num motor de pesquisa automaticamente é uma palavra-chave! As palavras-chave podem ser compostas por uma palavra, uma frase, uma pergunta, etc. Qualquer coisa que alguém já escreveu num motor de pesquisa é uma palavra-chave. Se pegarmos num parágrafo inteiro, colarmos no Google pesquisarmos, este parágrafo seria agora uma palavra-chave.

O primeiro passo em qualquer campanha de SEO, sendo loja online ou não, é desenvolver uma lista de palavras-chave relevantes para o site.

Os profissionais de SEO têm acesso a uma infinidade de ferramentas que agregam dados sobre todas as palavras-chave pesquisadas nos motores de pesquisa como o Google, que fornecem informações valiosas sobre qualquer palavra-chave.

Isso inclui o volume médio de pesquisa mensal, o custo médio por clique dessa palavra-chave por meio de publicidade PPC e muito mais.

 

Pesquisa de palavras-chave: a base da campanha de SEO para E-Commerce

A pesquisa de palavras-chave para uma loja online varia. O principal objetivo é encontrar palavras-chave com intenções caraterísticas de comércio eletrónico.

Cada palavra-chave tem uma qualidade intangível conhecida como intenção de pesquisa.

 

Existem muitos outros indicadores de que uma palavra-chave tem intenção de comércio eletrónico:

  • SKUs de produtos – se alguém pesquisar um SKU de produto, estará à procura de um produto próprio
  • Dimensões / Tamanhos
  • Nomes de produtos
  • Muitos outros fatores!

 

Ao escolher uma palavra-chave deve ter-se atenção aos seguintes tópicos:

  • Bom senso + volume de pesquisa, intenção, CPC, dificuldade
  • Volume de pesquisa
  • Relevância / Precisão
  • Intenção Comercial
  • Potencial único: potencial de alta receita
  • Concorrência
  • Cauda curta vs. cauda longa

 

Desenvolvimento de lojas online

Ao construir uma loja do zero, é crucial pensar na escalabilidade. Por outras palavras, se o site está com apenas algumas dezenas de produtos, mas planeia ter várias centenas de milhares na mesma plataforma, é recomendado pensar se o seu site se consegue adaptar, dimensionar e acompanhar o crescimento.

Um dos objetivos principais de qualquer loja online deve ser criar “caminhos” práticos para o processo de checkout. Teoricamente, o utilizador habitual do site não deverá ter problemas para navegar da página inicial até aos produtos desejados em apenas dois ou três cliques. Minimizar o número de cliques necessários para que o utilizador encontre o(s) produto(s) desejado(s). Ter um processo simples e eficaz de checkout depois de um utilizador adicionar um produto ao carrinho de compras. Da mesma forma que as lojas físicas são projetadas para facilitar a compra de produtos em todas as etapas, a loja online deverá fazer o mesmo ou melhor0

Além da facilidade de utilização ,também é preciso pensar em tornar o site facilmente navegável para bots de motores de pesquisa. Isso inclui o desenvolvimento de uma estrutura de URL sólida que faça sentido para os bots, e que seja agradável aos olhos.

 

Para estrutura de URL:

  • Seja curto;
  • Evite o excesso de palavras-chave ou a abundância;
  • Seja descritivo e inclua a palavra-chave de destino no slug de URL, se fizer sentido.

 

Desenvolva funcionalidades personalizadas desde o início

É essencial determinar o tipo de funcionalidade que o site irá precisar, tais como produtos relacionados, análises de produtos, clientes que compraram o produto. Todas essas funcionalidades são perfeitas para uma loja online.
Se tiver a necessidade de utilizar funcionalidades específicas na sua loja online, precisa de pensar nisso desde o início para ter o maior sucesso possível. O motivo é que a organização do código e a rapidez da loja online interferem diretamente com o SEO.
Por exemplo, muitas lojas online contam com uma série de plugins diferentes para impulsionar a funcionalidade, o que acaba causando muitas dores de cabeça e problemas no caminho. Como muitos desses plugins são desenvolvidos de forma independente, eles podem não funcionar perfeitamente juntos. Além disso, sempre que uma atualização de um é lançada, ela pode atrapalhar o funcionamento correto dos outros, e pode não se aperceber que o seu site está obsoleto até que clientes irritados entrem em contacto consigo.

 

Da Homepage ao Checkout:

Tornar o mais fácil possível para um comprador chegar à sua página inicial, encontrar os produtos que está à procura e concluir o processo de checkout, ou seja temos de priorizar os seguintes pontos

  • Minimizar os cliques da página inicial para a página do produto e checkouts.
  • Botão para “adicionar ao carrinho” em toda a página do produto.
  • Links para processos de checkout fáceis e simplificados para compradores com pressa.
  • Não exigir que os utilizadores façam login ou criem uma conta para fazer uma compra.

 

Otimização da página

A otimização da página refere-se ao desenvolvimento, formatação e estruturação dos elementos da página Web, na tentativa de melhorar a sua capacidade de classificação para as suas palavras-chave de destino. Muitas pessoas gostam de iniciar o processo de otimização na página desenvolvendo uma lista de palavras-chave mestre, para segmentar o site. Dependendo do propósito do trabalho de SEO planeado, isso pode ou não valer a pena. Antes de otimizar uma determinada página, deve ter-se em mente uma palavra-chave de foco e algumas palavras-chave relacionadas a essa palavra-chave.

 

Qualificadores de lojas online

Vamos analisar alguns exemplos básicos do mundo real de como iniciar uma pesquisa de palavras-chave para uma página de loja online, seja produto, categoria, página inicial etc.

O primeiro passo da pesquisa de palavras-chave é considerar quais são os termos que o seu site classifica quando for procurado no google.

Independentemente de estar otimizada, uma página de produtos ou uma página de categorias, deverá conter:

  • Título da página;
  • Meta Descrição;
  • H1 (um por página!)
  • Outras tags de cabeçalho (h2, h3, h4, etc.) podem ser usadas com a frequência necessária. Quanto menor o número, mais atenção o Google irá dar ao seu cabeçalho. Portanto, além dos H1s, os H2s obtêm o maior “peso de SEO”.
  • Imagens (Um texto alternativo, rico em palavras-chave descritivas, incluindo palavras-chave no nome do arquivo de imagem)
  • Muitos mais… estes são os básicos!

 

SEO técnico e lojas online

O SEO técnico é importante independentemente de tudo, mas para as lojas online, as otimizações técnicas são ainda mais importantes. Por um lado ,uma página geralmente tem milhares de produtos e dezenas de categorias/subcategorias. O backlink de um site geralmente aponta para algumas páginas selecionadas, a página inicial, alguns produtos e categorias populares, mas muitas páginas não terão backlinks e pouca autoridade por sua conta própria. Nesses casos, melhores otimizações técnicas vão ajudar a vencer a “corrida SEO” A chave para manter o site otimizado do ponto de vista técnico é executar uma auditoria técnica a cada mês, dependendo da frequência com que o site é atualizado. Se novas funcionalidades ou tipos de página adicionais forem adicionados rotineiramente, será preciso fazer este processo com mais frequência.

Problemas técnicos comuns de SEO lojas online:

  • Muitas páginas : Apagar páginas sem importância que estão diluindo a sua autoridade de domínio. Se uma página não estiver a receber tráfego significativo, ponderar apagar essa mesma página será uma boa opção.
  • Conteúdo duplicado: Se houver muitas páginas com o mesmo conteúdo, isso vai ser visto como spam pelo Google, que vai parar de a recomendar.
  • Conteúdo fino – Pode ser um desafio escrever um conteúdo único para muitos produtos, contudo irá melhorar significativamente a sua taxa de conversão. A maioria das lojas online ignora essa etapa, geralmente contando com uma descrição fina do produto do fabricante. Isso resulta em conteúdo fino e duplicado!
  • Velocidade do site – Uma parte cada vez mais importante no algoritmo do Google, quanto mais rápido o site carregar, mais “amigável” ele é, e mais provável o Google e outros motores de busca lhe enviem mais tráfego orgânico.

 

Ganho de links e criação de links lojas online

Priorizar a criação de conteúdo no site que atraia as pessoas a criar um link para ele.

Aqui estão os tipos mais comuns de maneiras de criar ou ganhar backlinks:

  • Baseado em conteúdo (Criação de um infográfico, white paper, galeria de imagens ou um artigo de blog que ofereça informações atraentes e de qualidade sobre um respetivo tópico).
  • Isco de ego (Um conteúdo projetado para aumentar o ego de alguém com alguma autoridade, sabendo que ele partilhará o conteúdo com o seu círculo profissional e links naturais ocorrerão como resultado)
  • Recuperação de links (encontre links não redirecionados /404 e implemente redirecionamentos 301 para os resolver numa página existente.