Todos nós sabemos que o comércio eletrónico tem vindo a crescer exponencialmente e existem inúmeros fatores a ter em conta mesmo antes de começar a sua loja online, desde a geração de tráfego, indexação do site e entre muitos outros fatores.
Se já iniciou esse processo de uma estratégia internacional de comércio eletrónico e não está propriamente contente com os resultados, pode estar a faltar algumas coisas. Neste artigo vamos abordar 4 fatores que talvez o possam ajudar.

internacional de comércio

1. Falhas no departamento de localização

O que queremos dizer com isto?

Como se trata de uma estratégia internacional de comércio eletrónico, é portanto necessário a localização de diferentes países. Como cada país tem a sua cultura e mercado diferentes, a sua localização não será exatamente igual.

A localização do seu website incluí várias adaptações como imagens, textos, o tipo de produtos e também as opções de pagamento devido aos impostos e taxas de cada país.

Ao comunicar para cada país, não é apenas a preocupação com os textos e imagens…Lembre-se que você comunica e interage com os seus clientes pelas diversas plataformas como o e-mail, redes sociais, os próprios anúncios… Portanto também é crucial entender quais as plataformas funcionam melhor em cada país!

2. Falhas no departamento logístico

A facto de não ter bons recursos logísticos no que toca à estratégia internacional de comércio eletrónico, torna toda a sua estratégia bastante mais difícil. Sendo assim pode seguir a mesma lógica quando se trata de ter uma boa presença online e com boas estratégias de marketing: necessita de se localizar e ter uma escolha inteligente dos seus parceiros fora do seu país.

O que deve ter em conta na escolha de soluções de envio e entrega?

– Custos de envio

– Taxas de alfândega

– Impostos

Todas estas informações devem ser fornecidas a quando o seu cliente está a finalizar uma compra.

Preocupe-se também com os prazos de entrega para que a experiência do cliente não seja comprometida, que é o que vamos abordar no ponto seguinte.

3. Má experiência do cliente

A partir de aqui podemos falar sobre diversos pontos essenciais que podem levar o cliente a ter uma má experiência na sua loja online.

– Velocidade do website

Talvez dos fatores mais cruciais no que trata a experiências online…As pessoas simplesmente não gostam de esperar e deve ser tudo imediato e acessível.

– Checkout transparente

Aqui nesta fase do funil costuma ser por norma, onde os clientes mais desistem da sua compra. Portanto, um checkout com um design simples e claro apenas com os dados necessários.

– Boa descrição dos produtos

Ainda para mais quando falamos de estratégia internacional de comércio eletrónico, boas descrições dos produtos, são pontos ganhos de um possivel cliente e não só:

  • Otimização de SEO
  • Melhora a experiência do possível cliente
  • Aumento de conversão e diminuição da taxa de rejeição
Veja aqui mais dicas para melhorar a experiência do utilizador

4. Medo da automação

Ao ter um website que se localiza automaticamente no idioma e na moeda do visitante com um simples clique, informações instantâneas, serviços de suporte com mensagens automáticas, tudo isto facilita na hora de lidar com o possível cliente.

Existem inúmeras soluções de software disponíveis para otimizar quase todos os aspetos da sua empresa – desde cheques a sistemas de pagamento,  cálculo de impostos internacionais até gerenciamento de traduções.

Tudo está nas suas mãos para que a sua estratégia internacional de comércio eletrónico seja um sucesso!

Ver mais artigos BRANDUP