O último trimestre do ano é sempre um período bastante forte para o comércio, quer seja comércio electrónico ou tradicional. Passou a Black Friday e a Cyber Monday…Mas agora é a vez do Natal!

Se durante o ano o seu negócio não tenha sido muito movimentado, aqui tem mais uma oportunidade de recuperar aquilo que foi perdido. Mas para garantir que a sua loja receba um grande fluxo de visitas e de conversões é necessário precaver-se planeando bem a sua estratégia.

natal

 

Como é óbvio estas estratégias não se aplicam só a esta altura do ano, mas sim em qualquer altura.
Mas sendo um época onde os gastos são maiores, é de aproveitar 😉

Mas então, como aumentar as vendas no Natal ?

1. Oferecer ajuda

Nesta altura do ano, é provável que todas as compras que aconteçam, sejam presentes para terceiros, e é comum as pessoas sentirem-se um pouco indecisas no que comprar portanto, a visita a várias lojas é uma ajuda, para terem ideias ou inspiração.

Tendo em conta o grande movimento ocorrido neste período do ano, os negócios e-commerce tendem a desligar-se do o contacto com o cliente. Isto acontece pelo grande volume de tráfego que ocorre nessas lojas e não conseguem dar resposta a dúvidas, preocupações, dar conselhos aos clientes. Mas ficar ausente, claramente não é opção.

Ao invés de se desligar dos seus clientes, use essa dificuldade para criar uma estratégia de serviço proativa. Por exemplo, adicione o chat do Facebook com uma mensagem personalizada, onde pode ajudar o usuário com as suas dúvidas ou até mesmo aproveitar para comunicar ofertas ou descontos!

 

2. E-mails de recuperação de carrinho

Anteriormente falamos que os clientes tem bastante dificuldade na hora de escolher o presente certo, e por isso visitam as variadas lojas em busca de ideias. Quando este comportamento se inverte e parece que a sua decisão está tomada, e adicionam produtos ao carrinho na sua loja, simplesmente não finalizam a compra (deixam o último passo para depois).

O abandono do carrinho é uma dor de cabeça para quem tem lojas online. Quando isto acontece, certamente algo não está bem, vamos dar alguns exemplos:

– Preço elevado

– Portes de envio demasiado caros

– Poucas formas de pagamento

Um estratégia que pode ser fundamental na recuperação de carrinhos abandonados é ter um bom fluxo de e-mails, mas para que esta estratégia funcione é necessário os e-mails devem ter uma boa estrutura, serem personalizados e também pode incluir alguns descontos para incentivar a recuperação do carrinho.

 

3. Facilite o acompanhamento de encomendas

Este é um ponto extremamente importante … Imagine um cliente encomendar, na sua loja online, um presente para oferecer a um amigo, familiar ou namorada, e esse presente não chega a tempo do Natal … Não era uma boa experiência de compra certo?

Para evitar este tipo de dissabores, tente dar o “controlo” ao cliente para ele estar atento à chegada da encomenda.

Pode fornecer o número do pedido para a pessoa acompanhar no site da empresa transportadora. Mas se quer melhorar a experiência do utilizador pode incluir todas as informações de acompanhamento na sua loja online através de ferramentas de atendimento ao cliente onde o cliente pode verificar o status do seu pedido.

Se usa por exemplo a transportadora CTT, basta o cliente colocar o número do pedido e seguir a encomenda.

 

 

3. Tente evitar as devoluções

Nenhum comerciante gosta de encomendas devolvidas, é um facto. Para evitar que isto aconteça um dos principais factores a ter em conta são as fotografias dos produtos. Boas fotos dos seus produtos são essenciais e decisivas para que possa conseguir evitar as devoluções de encomendas.

Mas quais são os motivos que levam os clientes a devolverem a sua encomenda?

Bem, falamos agora das fotografias dos produtos, e é exactamente esse um dos factores. Basta que a cor, o tipo de tecido, ou tamanho do produto que viram na foto para que a pessoa devolva.

Uma estratégia pouco vista em lojas online é a possibilidade do cliente ver o produto em tempo real. Caso precise de ver melhor o que vai comprar, algum responsável pela loja poderá, em tempo real, mostrar o produto.

Isto na maioria dos caso é inconcebível, sendo assim substitua por uma “review” do produto (por exemplo um video) onde o cliente possa ter uma melhor percepção e noção daquilo que está a comprar.

As 5 Melhores Cidades de Compras de Natal da EUROPA | Morar em Portugal

 

Bom esperamos ter ajudado com estas 3 dicas básicas de como aumentar as vendas no Natal 🙂

Gostou do artigo?

VER MAIS ARTIGOS BRANDUP

logoBrandupBLACK