O Remarketing é uma estratégia de marketing digital que permite que seus anúncios do Google Ads apareçam mais que uma vez para utilizadores que já demonstraram interesse em seu site. Quanto mais as pessoas vêm a sua marca ou produto, maior será a probabilidade de elas comprarem algo de si. 

 Por outras palavras o Remarketing não é nada mais, nada menos que fazer novamente marketing para a mesma pessoa! Porque queremos gerar de novo um impacto sobre alguém que já demonstrou interesse no produto/serviço. Ele pode ser usado em diferentes situações, desde um email para relembrar sobre os itens que foram colocados (e esquecidos) no carrinho de compra até um aviso de alguma promoção no site que possa interessar essa pessoa em especial. 

Quais são as vantagens do Remarketing? 

Já sabemos que o objetivo é aumentar as conversões e proporcionar ao consumidor um contacto mais direto com a marca através de mensagens personalizadas para o seu inbox, de forma a relembrar a sua oferta, para que o seu consumidor continue a ponderar a compra e ficar cada vez mais convencido de que vale a pena fechar o negócio. 

  • 58% das pessoas gostam de receber emails com notificações que os produtos que elas visitaram no site entraram em liquidação; 
  • 51% afirmaram gostar de emails personalizados e de tratamento VIP; 
  • 41% dos adultos entre 25 e 34 anos apreciam os emails sobre abandono de carrinho de compra. 

Como posso fazer uma campanha de Remarketing? 

Primeiramente é preciso criar um planeamento, uma representação gráfica das leads que dão de encontro com as várias etapas do processo de compra: consciencialização, consideração, compra ou fidelização. 

As etapas delimitam os utilizadores do seu site pelo tipo de ação que foi feito. 

 

Remarketing x Retargeting é a mesma coisa? 

Não. São semelhantes no nome e até nos objetivos, porém na prática são estratégias bem diferentes. 

Pois o Remarketing tem como objetivo enviar e-mails, enquanto que o Retargeting têm como objetivo enviar anúncios, direcionando a ação para um alvo que já mostrou interesse na oferta, sendo mais focado que uma campanha de ads, pela sua exibição ser bem maior. 

Como no Remarketing, o Retargeting também deve ter um planeamento, sem isso perde valor! Além das segmentações por meio de contatos, poderão ser feitas também de usuários, como: 

  • Quem visitou seu site (o problema dessa lista é ser muito genérica); 
  • Quem visitou mais de cinco páginas do seu site; 
  • Quem visitou uma categoria de produtos ou um produto específico do seu site); 
  • Quem deixou um comentário no seu conteúdo; 
  • Quem clicou no link do seu perfil nas redes sociais. 

 

Simplesmente o que está a fazer é a segui-los para onde quer que eles vão, mostrar o seu produto ou serviço e tentar que eles voltem ao seu Website. 

 

Agora que já sabe como usar o Remarketing, está na altura de colocar em prática! 

 

 

Font:https://rockcontent.com/br/blog/remarketing/