As métricas de análise do Google Analytics que são essenciais para o seu E-commerce.

 

O Google Analytics (GA) é uma ferramenta de monitorização do tráfego de sites e-commerce. 

Isso permite conhecer melhor a audiência do seu site e, assim, planear as melhores estratégias de Marketing Digital.

Com funcionalidades que vão desde a apresentação de dados mais básicos até às informações sobre os comportamentos dos consumidores.

O GA é uma ferramenta imprescindível para quem tem uma loja online.

Com essas métricas, é possível controlar, avaliar e monitorizar informações relevantes sobre o seu comércio eletrónico.

Contudo, é preciso configurar inicial e adicionalmente algumas informações para conseguir acompanhar as métricas de maneira mais precisa. 

Veja as métricas mais importantes para analisar através do Google Analytics e avaliar como estão a correr as vendas na sua loja online:

 

1. Dados demográficos (regiões compradoras)

google-analytics-dados-demograficos

A análise dos dados demográficos das pessoas que acedem ao site é importante para ajustar a comunicação com a sua audiência.

O Google Analytics apresenta informações como sexo e faixa etária dos visitantes do site.

Dessa forma, você pode utilizar esses dados para afinar as suas estratégias, a fim de fidelizar a sua audiência.

 

2. Geolocalização

google-analytics-geolocalizacao

A tecnologia de geolocalização ajuda a perceber as regiões onde estão ou residem os utilizadores que acedem ao site.

Isso ajuda a otimizar o e-commerce e alinhar as estratégias para a conversão e o aumento de receita.

 

3. Tráfegos orgânicos e pagos

google-analytics-trafego-pago-organico

O Google Analytics permite saber a origem dos tráfegos – orgânicos e pagos – que chegam ao site da loja.

Se você utiliza estratégias para tráfego orgânico e tráfego pago, consegue saber exatamente de onde surgem os utilizadores, ou seja, os seus leads.

Ter atenção a essas métricas faz com que consiga avaliar se estratégias estão a dar o retorno esperado ou se é preciso haver realinhamento.

O Google Analytics mostra os pormenores de cada fonte de tráfego e, com essa informação, você analisar o ROI, por exemplo. 

Para gerar leads orgânicas e qualificadas para o seu site, invista em SEO e Marketing de conteúdo.

As estratégias de SEO são importantes para encaminhar as pessoas certas para a sua loja online.

 

4. Taxas de abandono do carrinho

google-analytics-abandono-de-carrinho

Se tem uma loja online, a taxa de abandono de carrinho é uma métrica que precisa analisar constantemente no seu e-commerce.

Através do Google Analytics, é possível verificar o número de utilizadores que abandonaram os seus carrinhos de compra.

O GA também permite analisar a quantidade de produtos, e as suas categorias, que foram abandonados.

Dados do Baymard Institute apontam para uma taxa de 69,89% de abandono de carrinhos em lojas online.

Por isso, monitorizar os clientes que não finalizaram a compra é fundamental para evitar um baixo ROI.  

É preciso investigar o motivo pelo qual o cliente não finalizou a compra, sobretudo na página de checkout.

É imprescindível avaliar, por exemplo, se o abandono é devido a insegurança por parte do cliente, a alto valor dos portes ou a checkout complexos e demorados.

5. Taxa de conversão

google-analytics-taxas-de-conversão

A taxa de conversão é outra métrica de profunda relevância e uma das mais utilizadas no e-commerce.

O Google Analytics permite analisar a taxa de conversão por ações como: compra, preenchimento de formulários, downloads de e-books, dentre outras.

Assim, analisa-se a parcela de utilizadores que efetuou a ação pretendida.

A análise pode ser medida por ações, períodos, estratégias etc.

 

6. Custo por aquisição de clientes (CAC)

google-analytics-custo-por-aquisicao-cliente

Em um e-commerce, as ações estratégicas de marketing podem colaborar para que haja lucro com cada cliente.

A métrica de Custo de Aquisição de Cliente (CAC) indica o quanto a sua loja online está a investir na atração e na aquisição de novos clientes.

Cada canal de tráfego do seu site ou loja online deve recolher dados para o cálculo do CAC.

Dentre as análises que podem ser feitas, é possível medir o valor investido em cada campanha em comparação ao número de clientes adquiridos através daquelas.

Ao realizar esse cálculo, é necessário considerar todos os valores gastos para conquistar e reter cada cliente.

 

7. Páginas acedidas e Retorno de utilizadores

google-analytics-retorno-de-visitantes-loja-online

Para sites e-commerce, o Google Analytics ajuda a saber:

  • o número médio de páginas a que um visitante acede no site;
  •  as páginas que os utilizadores acedem antes que a compra seja realizada;
  • o registo sobre o retorno de visitantes (aqueles que anteriormente já acederam ao site e retornaram).

Esses podem ser bons indicadores de que a comunicação, no seu negócio, está a correr bem ou não.

Se um utilizador passa mais tempo no site a aceder a outras páginas, isso pode indicar que eles realmente têm interesse no que a sua loja online oferece.

Contudo, isso também pode sugerir que o que as pessoas estão à procura não está a ser facilmente encontrado.

Saiba que isso faz aumentar o tempo de navegação entre as páginas, mas por motivo de insatisfação pelo tempo de demora da busca.

Em relação ao retorno de visitantes, quanto maior for a taxa, melhor são os resultados para o CAC (Custo de aquisição por clientes), aumentando os percentuais de lucro.

 

8. Tempo de permanência no site

google-analytics-tempo-de-permanência-no-site-SEO

O tempo médio que cada visitante passa em um site, durante um único acesso, é uma métrica fundamental para alinhar as estratégias de marketing e as campanhas. 

O tempo médio de permanência no site pode tanto indicar que a experiência do utilizador está a ser agradável, quanto desastrosa.

Para avaliar essa métrica, é preciso cruzá-la com a taxa de conversão do site.

Se estiver a ter uma boa taxa de conversão, sinal de que o tempo médio gasto no site é por um bom motivo.

Contudo, se não está a ocorrer a conversão e o tempo de permanência na loja online é alto, isso pode apontar que há algo errado.

De forma geral, o tempo médio de que falamos tem a ver com a boa ou má experiência do utilizador no seu e-commerce.

Quanto mais relevantes são os conteúdos presentes no site, maior a probabilidade de os utilizadores navegarem entre as páginas por mais tempo.

É importante dizer que o Google considera muito essa métrica, valorizando os sites que têm taxas de permanência mais altas.

A produção de conteúdos relevantes – o investimento em marketing de conteúdo e SEO, nomeadamente – pode ajudar você a manter os utilizadores interessados em permanecer mais tempo no site, a consumir conteúdos que eles julgam interessantes.

9. Mobile

google-analytics-mobile

A utilização de smartphones e tablets tem cada vez mais facilitado o uso da Internet em qualquer momento e lugar.

O Google Analytics permite que você analise de quais dispositivos móveis ou desktop os utilizadores acedem ao site e realizam as compras na sua loja online.

Essa análise ajuda a avaliar a usabilidade do seu site, bem como o funcionamento e carregamento nesses dispositivos.

Analisar o tráfego através do mobile ajuda a reduzir as taxas de rejeição e de abandono do carrinho de compras no e-commerce.

Isso porque a métrica que analisa os dados oriundos do mobile diz muito sobre a experiência do utilizador com o site da sua empresa.

O chatbot, por exemplo, é um recurso tecnológico que o pode ajudar a aumentar a usabilidade do site. Leia mais sobre esse assunto aqui.

 

10. Ticket médio

google-analytics-ticket-medio-ecommerce

A métrica do ticket médio serve para medir o valor médio gasto por cada cliente e o gasto médio por compras na sua loja online.

O cálculo é feito assim:

Valor total do faturamento /quantidade de clientes que compraram (em um determinado período).

Caso o número seja aquém do esperado, será preciso adotar estratégias de marketing para aumentar o ticket médio.

Tais estratégias podem ser:

  • oferecer portes gratuitos;
  • oferecer miminhos;
  • conceder descontos progressivos de acordo com o valor da compra;
  • oferecer outros produtos (podem ser de outras categorias) com descontos relevantes.

Assim, há muitas formas de recompensar o cliente pela compra.

Essas práticas beneficiam tanto o consumidor, que poderá obter vantagens com os descontos nos portes ou nos produtos, quanto a empresa, que aumentará o faturamento e, consequentemente, o ticket médio da sua loja online.

 

Como vimos, o Google Analytics é uma ferramenta fundamental de suporte à gestão e avaliação do desempenho da sua loja online.

Um bom gestor de E-commerce não pode deixar de considerar todas essas métricas para analisar e planear o desenvolvimento do seu negócio para que o mesmo seja o mais bem-sucedido possível.

 

Na Brandup, desenhamos as melhores estratégias para o seu E-commerce. Quer resultados? Fale connosco.

 

Tags: